Vidro pintado - prós e contra

Posted on

Você sabe se existe diferença entre um vidro pintado e um vidro serigrafado?

Hoje vamos ajuda-lo a elucidar esta e outras dúvidas que surgem quando o assunto em questão é vidro pintado.

OPÇÕES PARA DECORAR O AMBIENTE

O mercado da arquitetura e decoração de interiores está aquecido já faz um bom tempo. É possível verificar isso ao analisar as novas tendências presentes em feiras e exposições de arquitetura.

E não somente arquitetos e decoradores tem percebido esse novo universo que se abriu. Os leigos e amantes da decoração em geral também já perceberam que o mercado de decoração atual oferece inúmeras possiblidades quando o assunto é personalização de ambientes.

Em contrapartida, para tentar atender a praticamente todos os gostos, as empresas do ramo decorativo tem se superado e se esforçado para idealizar, fabricar e oferecer ainda mais opções aos seus consumidores.

O mercado oferece opções inclusive para espaços que antes passavam despercebidos ou se destoavam do restante do estilo da decoração.

Dessa maneira fica fácil transformar o escritório ou sua casa, decorando aquele móvel, parede ou até mesmo o cômodo todo, fazendo com que eles deixem de ser coadjuvantes e passem a se destacar no cenário.

Dentre uma infinidade de opções para se utilizar como elementos decorativos, o vidro pintado é um produto que se destaca e possui parcela significativa na preferência dentre os consumidores.

Isso acontece porque as pessoas estão, dia após dia, buscando transformar seus ambientes, sejam eles do lar, empresa ou escritório, em espaços que transpareçam equilíbrio e conforto.

Nesse contexto, decorações que contenham elementos naturais, como a madeira e vidro; e que estabeleçam um jogo de cores e luzes são ótimas alternativas decorativas. Principalmente em um mundo cada vez mais conturbado em que vivemos, as cores ajudam a quebrar o ‘cinza’ do nosso dia-a-dia, equilibrando as sensações.

Além disso, o vidro pintado/serigrafado é muito utilizado pela indústria de móveis, pois conseguem se adaptar ao estilo e à cor dos outros materiais, como a madeira, por exemplo.

Ao analisar as tendências de decoração, é possível perceber que a escolha das cores do ambiente está no topo da lista, pois são elas que definirão todo o resto do projeto, como o estilo da decoração e o mobiliário que se enquadre melhor ao desejo do cliente.

Por esse motivo o vidro pintado tem se realçado no segmento decorativo. Apenas para se ter uma noção, na popular rede social Pinterest, onde é permitido compartilhar imagens que servem de inspiração em vários nichos, houve um aumento de 75% nas buscas relacionadas a decoração do lar e decoração de ambientes em geral.

Se filtrarmos esses dados, a busca por decorações para parede (wall art) obteve buscas ainda mais surpreendentes, aumentando mais de 600% no ano de 2017! Incrível, não? Isso quer dizer que os dias das paredes vazias e cruas estão contados… e o vidro pintado surge como uma ótima alternativa nesse universo.

VIDRO PINTADO OU SERIGRAFADO?

O vidro pintado surgiu no mercado carregado de vários mitos. O principal deles, com certeza, está relacionado aos métodos utilizados para fabricar e colorir os vidros.

Acontece que, de fato, não existe uma regra normativa para isso. Cada empresa usa o tipo de tinta e a técnica que julga melhor. Além de tudo, não existe um modo de operação predefinido sobre a técnica de instalação do vidro colorido.

Cabe ao consumidor realizar a pesquisa para escolher o vidro pintado com as técnicas que melhor atenda as suas necessidades.

Por esse motivo é interessante saber algumas diferenças que existe entre os vidros pintados.

Dessa maneira, voltamos à pergunta do começo deste artigo: – Você sabe a diferença entre um vidro pintado e um vidro serigrafado?

Na verdade, todo vidro serigrafado, automaticamente, é um tipo de vidro pintado. A serigrafia é o tipo de técnica utilizada no momento de colorir o vidro. Além da serigrafia, também é possível encontrar vidros pintados a frio. A diferença está nas técnicas utilizadas para a fabricação das peças, que mudam conforme o processo.

Entender a diferença entre os tipos de vidro pintados é essencial para seu alcançar o máximo de seu projeto decorativo.

– Vidro Serigrafado

O vidro serigrafado é o mais popular dos vidros pintados. Tão popular que chega até a ser usado como sinônimo e definição de toda a categoria.

Para pintar um vidro com a técnica de serigrafia a folha de vidro recebe uma pasta de esmalte cerâmico solúvel em água (hidrossolúvel), é encaminhada ao forno e resfriada na sequência, o que garante maior aderência da tinta no vidro.

Tendo em vista que a técnica de serigrafia submete o vidro a uma tempera, isso quer dizer que a folha de vidro não poderá mais ser moldada depois de serigrafada.

– Vidro pintado a frio

O vidro pintado a frio recebe uma camada de tinta por toda extensão, através de uma pistola específica. Além dessa diferença, o vidro pintado a frio, como o próprio nome diz, não é submetido às altas temperaturas dos fornos; a secagem da tinta é realizada de maneira natural.

VIDRO PINTADO

A primeira está justamente relacionada ao leque de cores oferecido. Algumas empresas do ramo trabalham com no máximo 15 cores à disposição do cliente. Dependendo do projeto, talvez o decorador não encontre a combinação de cores desejada.

A segunda questão está diretamente ligada à instalação do vidro, principalmente em paredes com revestimento geral.

O vidro serigrafado, com o processo de colagem pode gerar manchas na superfície, por baixa cobertura da tinta, eliminando as manchas de cola, as manchas nesse tipo de vidro, quando colados, são comuns.

Na MultPainel você encontra um leque com mais de 500 cores disponíveis em vidro e uma equipe altamente capacitada para efetuar a instalação do vidro pintado sem dores de cabeça, sem manchas e com um consultoria do início ao fim.

Venha para a Multpainel e faça suas ideias acontecerem.