Vidro float, o que é?

Posted on
vidro

Praticamente invisível aos olhos, mas essencial à vida moderna. O vidro float nasce como mágica e serve como base para a fabricação de diversos vidros especiais encontrado no mercado.

Presente na indústria automobilística, construção civil e dentro do nosso lar, como nos utensílios domésticos, móveis e eletrodomésticos, celulares e espelhos, o vidro em geral já possui uma parcela de contribuição significativa e faz parte da nossa paisagem urbana e dia a dia.

Essa vasta aplicação do vidro só é possível graças às características especiais que cada tipo de vidro possui.

O mercado do vidro oferece vidros de segurança, como o vidro temperado e o vidro laminado, que possui características específicas para a prevenção de acidentes, oferecendo menor risco à integridade física do usuário.

Também é possível encontrar vidros com características autolimpante, vidros acústicos, vidros inteligentes, vidros térmicos… enfim, a lista é enorme e já falamos sobre as particularidades de vários deles aqui no blog.

Pois bem, como visto acima, cada tipo de vidro terá uma determinada característica que será fundamental para suprir alguma necessidade.

Por exemplo, o vidro auto limpante é perfeito para compor fachadas de prédios, pois os raios do sol e a chuva são capazes de limpar o vidro com eficácia, evitando horas e horas de trabalhos manuais.

Grande parte dos vidros especiais derivam do vidro float. Também conhecido como vidro plano ou vidro comum, ele serve de base e sofre variações para ganhar particularidades distintas.

O vidro temperado, por exemplo… é o vidro comum/float que é submetido à temperaturas elevadíssimas (têmpera) e o resultado é um vidro até 7 vezes mais resistente que produz pedaços não pontiagudos se estilhaçado.

A fabricação do vidro comum evoluiu com o passar do tempo. Produzir peças de vidro transparentes como o cristal requer uma precisão delicada.

O vidro apresenta alguns desafios que até mesmo os peritos admitem que os confundem, afinal de contas, o vidro é líquido ou sólido?

Antigamente, o vidro derretido era espremido entre cilindros para chegar ao tamanho desejado. Entretanto, esse procedimento deixava riscos profundos nas placas de vidros que precisam ser polidos a mão posteriormente, o que gerava retrabalhos desnecessários.

Com a evolução da indústria esse procedimento deixou de ser adotado. Atualmente as indústrias do vidro fabricam vidro do zero, a partir dos materiais básicos (sílica), com espessuras milimétricas e transparentes como um cristal, com ausência total de arranhões.

 

SISTEMA FLOAT – VIDRO FLUTUANTE

vidro

O sistema float surgiu nos anos 50, na Grã Bretanha. Foi criado por Alastair Pilkington e consiste no derramamento da massa do vidro em banhos de estanho derretido, de maneira que o vidro flutua no estanho. Daí o nome “float”, flutuador, traduzido do inglês.

A razão para se usar estanho é que ele derrete em baixa temperatura e tem um ponto de ebulição muito alto, e por ser mais denso que o vidro, os dois componentes podem usufruir do mesmo banho. O vidro flutua no estanho derretido de maneira similar ao óleo na água, pois não se misturam.

O sistema float, que no início produzia vidro com espessuras limitadas, atualmente é capaz de produzir vidros de espessuras variadas.

Essa espessura é controlada por cilindros que podem ser ajustados de diversas formas, para obter dimensões precisas. Quanto mais velocidade aplicada, o vidro fica mais estreito e mais fino.

A placa de vidro se solidifica com velocidade controlada. Após o resfriamento (também controlado), o processo final apresenta folhas de vidro cristalinas e uniformes.

O controle do resfriamento do vidro float é muito preciso. O vidro precisa ser resfriado vagarosamente. Geralmente, existem mecanismos de resfriamento instalados em espaços específicos. Isso por que se o vidro é resfriado muito rapidamente, ele ficará frágil e muito quebradiço.

Depois de aquecido, submetido ao banho de estanho, esticado, resfriado e lavado, o vidro float está quase pronto para ser utilizado nos mais diversos segmentos.

A partir de então ele será encaminhado para os cortadores automáticos e em seguida encaminhados para os galpões de armazenamento, de onde sairão para compor diversos artigos. Geralmente utiliza-se vidro float na construção civil, escritórios e casas.

Resumindo, o vidro float nada mais é do que o vidro reto, plano.
Servindo como base para todas as variações existentes no mercado: temperado, insulado, laminado, curvo, espelho, entre outros.

O sistema de vidro float é padrão mundial para a fabricação de vidros planos de alta qualidade.

VIDRO FLOAT É NA MULTPAINEL

O vidro sempre estará pronto para nos dar uma visão melhor do mundo. E a MultPainel consegue absorver essa visão de maneira muito clara, tal como um folha de vidro.

Há mais de uma década trabalhando e se especializando no segmento do vidro, a MultPainel possui conhecimento específico sobre o universo do vidro.

Todos nossos produtos são certificados por órgãos fiscalizadores e trabalhamos em conjunto com uma equipe altamente qualificada e maquinários específicos para oferecer os melhores produtos do mercado, como o vidro float e seus derivados.

Mantenha contato com nossa equipe e esclareças suas dúvidas. Nossa equipe terá o maior prazer em indicar a melhor opção para seu projeto. Aqui na MultPainel suas ideias acontecem!