Ter estoque amplo é um bom negócio?

Posted on
estoque

O estoque de uma empresa significa dinheiro guardado. Exatamente por esse motivo o estoque deve ser bem gerenciado.

Toda regra de administração dita que ter um estoque excessivo talvez não seja a melhor idéia, tendo em vista que o estoque é dinheiro investido. Sendo assim, um estoque maior significa mais dinheiro investido.

Se não for bem calculado, o estoque pode virar capital parado, causando dificuldades de logística e prejuízos, prejudicando as receitas da empresa.

Por outro lado, dispor de um estoque amplo pode significar vantagens na concorrência com as demais empresas do segmento. No mundo atual, cada vez mais veloz, exigente e imediatista, possuir um estoque de segurança significa poder de fogo e, consequentemente, aumento de vendas.

A melhor opção é estudar com carinho o mercado e gerenciar o estoque de maneira que não comprometa suas vendas e muito menos a agilidade nas entregas. Organização é uma das chaves do sucesso.

ESTOQUES

Os estoques são demasiadamente importantes para o bom andamento de uma empresa, afinal de contas ele possibilita que a empresa atenda seus clientes com mais agilidade e profissionalismo.

Imagine ter que buscar um fornecedor específico toda vez que vender um produto… ou pior, ter que fabricar um produto sempre que ocorrer uma venda. Ficaria muito cansativo, além de que, praticamente, seria impossível manter a excelência no atendimento.

Entretanto, gerenciar um estoque requer algumas responsabilidades. Da mesma maneira que o estoque não pode faltar, possuir muitas peças de um mesmo produto parado significar perda de poder de investimento.

Como já dito acima, formar um estoque requer investimento. Se o dinheiro é aplicado em um estoque grande com pouco retorno, a empresa deixa de investir em outras áreas, já que o dinheiro investido no estoque está parado. A partir do momento que não tem rotatividade, o estoque parado vira um problema para a empresa.

Entretanto, não podemos deixar de lembrar que os produtos nunca devem faltar para que a empresa não perca clientes, vendas e credibilidade.

O que nunca pode acontecer é perder o controle do que tem no estoque. Muitas empresas possuem controle de estoque de mercadorias falho, o que causa divergência nos registros.

Imagine a seguinte situação: O vendedor realiza a venda de um produto que demonstrava possuir 01 peça em estoque, mas na hora de entregar o produto, percebe que os registros estavam desatualizados e que na realidade não tinha mais nenhuma peça.

Além de muito chato e nada profissional, isso afeta o relacionamento da empresa com o cliente.

Não saber o que se tem no estoque é inconcebível para uma empresa séria. A organização empresarial é um dos pilares para o sucesso no empreendedorismo.

Uma empresa com objetivos claros precisa de um tipo de controle eficaz correspondente com a realidade. Pode ser um sistema interligado, uma planilha no Excell, Kanban na lousa de vidro, estoque virtual, enfim, deve ser instalado um sistema de controle eficiente… e o que está no estoque tem que estar no sistema, definitivamente e sem margens de erro.

Isso requer comprometimento de todos os envolvidos e pode até dar um pouco de trabalho, mas o retorno é positivo, certamente.

Com o controle de estoque funcionando perfeitamente é possível encontrar um equilíbrio nos processos, ou seja, é possível determinar um estoque médio – estoque de segurança que vai permitir que o capital da empresa seja distribuído por todas as áreas sem perder o poder de vendas.

Ter um estoque mínimo é válido, mas o estoque de segurança evita surpresas desagradáveis, como perder uma venda grande por falta de produtos. O estoque de segurança determina uma margem que garante esses tipos de transações.

Uma boa dica para encontrar esse ponto de equilíbrio é alinhar o controle de vendas com as metas de venda. As metas de vendas podem funcionar como uma bússola para que a empresa determine os prazos e as maneiras de reposição.

ESTOQUE AMPLO É UM BOM NEGÓCIO?

Quando a empresa estabelece uma meta de vendas consciente não tem surpresa ruim. Dessa maneira o estoque da empresa terá sempre o necessário. Ou seja, um estoque amplo, mas sem excessos.

Por isso é bom analisar com carinho as tendências do mercado em que atua, para poder se antecipar aos concorrentes e gerenciar corretamente seu estoque, aumentando ou diminuindo quando necessário.

Digamos que você possui uma empresa de distribuição de gelo e foi noticiado que uma onda de ar quente inesperada se aproxima; ou que vai acontecer um evento grande na região da sua empresa de gelo. Essa pode ser uma boa oportunidade para aumentar o seu estoque.

Outra dica para evitar perdas e manter o estoque ativo: Sempre tenha um espaço adequado para armazenar o estoque de produtos.

Determinar o melhor espaço para estocar os produtos envolve alguns fatores que exige certo nível conhecimento dos envolvidos. Afinal de contas, entender todas as características do trabalho é essencial.

Por exemplo, o produto é sensível à luz do sol? Deve ser resfriado para não estragar? Pode ser empilhado? É frágil? Pode ser guardado com outros produtos? Dependendo das necessidades, é preciso providenciar locais adequados para o armazenamento.

Pode ser que essas adaptações exijam um pouco mais de investimento, mas se possuir os recursos necessários considere fazer as possíveis modificações. São melhorias que objetivam evitar prejuízos com perdas que, com certeza, farão diferença nas receitas da empresa no futuro.

No momento de repor o estoque, planeje a reposição dos produtos com antecedência. Lembre-se de estar sempre ligado. Não deixe seu estoque zerar para depois pensar nisso. É preciso organização para progredir, lembra?

Após levantar o que realmente foi vendido e com a meta de vendas definida é possível fazer a compra na medida certa para suprir as demandas da empresa.

Aqui vale enfatizar um detalhe importantíssimo. Quem trabalha com produtos perecíveis é preciso triplicar o nível de atenção ao estoque, tendo em vista que os prazos são consideravelmente curtos. Dessa maneira, facilmente o que seria lucro se transforma em um enorme prejuízo! Fique atento!

Esperamos que essas dicas para controlar o estoque sejam úteis para o leitor. Lembre-se que o controle de estoque não é fácil, mas pode minimizar os custos, melhorar a logística e evitar surpresas desagradáveis.