Líder Participativo: Seja Um!

Posted on
líder

Liderar uma empresa na escalada do empreendedorismo não é considerada uma tarefa fácil.

Muita gente pensa que o ato de liderar pessoas está estritamente ligado somente ao ato de delegar ordens. Entretanto, saiba que nem sempre o líder de pessoas será, necessariamente, o patrão da empresa.

CAPACIDADE DE LIDERAR

Liderar é uma arte. Pode ser traduzido como a capacidade de conduzir pessoas com maestria para alcançar os resultados planejados. Pessoas com características de liderança conseguem se destacar tanto no âmbito pessoal quando no ambiente profissional.

O ato de liderar pode ser traduzido na capacidade de influenciar pessoas induzindo-as a fazerem com prazer aquilo que tem que ser feito em favor do coletivo.

Ser líder significa incentivar as pessoas de um grupo para agirem em torno de um objetivo comum, para que possam crescer com o resultado dos esforços de todos.

A capacidade de liderar sempre foi amplamente discutida. Um debate amplamente difundido levanta a seguinte discussão:

Essa capacidade de liderar e influenciar as pessoas, a ponto de conseguir direcioná-las, é realmente um dom natural ou pode se tratar de um grau de competência pessoal, ou seja, a liderança pode ser considerada uma habilidade que pode ser desenvolvida?

Existem diversas teorias falando sobre liderança. Uma delas, a teoria dos traços, indica que geralmente os líderes possuem traços físicos e sensitivos, inteligência emocional, pró atividade, relacionamento interpessoal e senso de responsabilidade que os distinguem do restante da população.

Por outro lado, outra teoria considera que, num grupo a ser liderado, existem diversas situações que necessitariam de diferentes abordagens. Levando em consideração a infinidade de perfis pessoais no mundo todo, não seria possível que os líderes sempre tivessem os mesmos perfis.

Afinal de contas, com tanta variedade de tipos de pessoas, a quantidade de combinações é incalculável. Dessa maneira, diversas situações que precisariam de diferentes tipos de liderança poderiam ocorrer, não permitindo traçar um perfil exato sobre os tipos de líderes.

Discussões à parte, uma coisa é certa: Sendo a liderança um dom natural ou uma capacidade adquirida, é certo que essa habilidade precisa ser desenvolvida rotineiramente.

Inclusive, alguns estudiosos garantem que o verdadeiro líder pode até mesmo nascer com esse dom natural, mas se ele não estudar e aperfeiçoar sua liderança, em pouco tempo estará defasado e deixará de atingir os resultados planejados.

A forma como cada profissional lidera seu grupo está diretamente ligado aos resultados da empresa. Isso se dá pelo maior ou menor envolvimento de todos os liderados, pelo clima gerado, pela inovação, pelos resultados obtidos na unidade da qual ele é um membro.

LIDERANÇA PARTICIPATIVA

líder

Dentre os diversos tipos de liderança existentes, um modelo que efetivamente traz resultados é a liderança participativa.

Quando comparado com outros modelos de gestão, o diferencial da liderança participativa é que os colaboradores são induzidos a participar ativamente do dia-a-dia da empresa, externando suas dúvidas e anseios, opinando sobre algumas tarefas, tendo em vista que um funcionário pode ter mais intimidade com determinada tarefa do que outro, por fazer aquilo rotineiramente.

Logicamente que a decisão final sempre caberá ao gestor responsável, entretanto, o líder participativo não deixa de ouvir seus liderados; e as pessoas, de um modo geral, gostam de atenção. Todos nós gostamos de sermos ouvidos e de perceber que nossas opiniões são levadas em consideração, principalmente em casa ou no ambiente de trabalho, onde passamos boa parte da nossa vida.

Sabendo dessas necessidades, a chamada liderança participativa tem como objetivo integrar a equipe e incentivar seus colaboradores a buscarem aperfeiçoamento e, consequentemente, melhores resultados no trabalho.

Esse modelo também tem o poder de criar autonomia na equipe, deixando-a totalmente preparada para caminhar sozinha e dar continuidade aos trabalhos em casos de ausência momentânea do líder.

Na opinião de alguns estudiosos, todo tipo de liderança deveria ser participativa, partindo do pressuposto de que não é possível liderar algo sem que participe dele efetivamente. No âmbito empresarial, liderança e participação poderiam ser consideradas palavras sinônimas.

Quando estudamos o assunto precisamos entender que um dos pilares da liderança é a participação efetiva do líder com a equipe e vice versa. Sem essa sincronia, sem essa comunhão, dificilmente a liderança funcionará.

Em todas as esferas do mundo moderno há uma necessidade iminente das pessoas participarem com mais efetividade em projetos e estratégias, criando de algo em conjunto, trabalhando umas com as outras.

Mais do que participar da execução, é importante que todos os envolvidos – líder e liderados – participem na criação e na construção das idéia. É importantíssimo que haja participação efetiva das equipes em todas as etapas do projeto.

A tendência da modernidade empresarial é envolver cada vez mais as pessoas em suas estratégias de planejamento, e o líder participativo é essencial para alcançar esse objetivo. Seja um líder participativo! Aqui, na MultPainel, a liderança participativa pode ser traduzida em ótimos resultados.

Nossa empresa é pioneira no segmento de lousas de vidro e painéis de vidro decorativos, ditando as tendências do mercado nacional. Acesse nosso site e conheça um pouco sobre nossa história. Aqui, a liderança participativa funciona. Venha para a MultPainel e faça suas idéias acontecerem.