Diferença entre vidro comum, vidro temperado e vidro laminado

Posted on
Vidro comum, vidro temperado e vidro laminadooi

Vidro comum, vidro temperado e vidro laminado

Cada vez mais presente nos diversos projetos de arquitetura, o vidro é um material que desperta curiosidade devido a toda a singularidade que envolve seu universo.

Dificilmente encontraremos alguém neutro quando o assunto é vidro. Arriscamos dizer que o vidro apaixona até mesmo os neutros. Diante das maravilhas do vidro, ninguém consegue ser indiferente. O vidro é único, possui qualidades ímpares capazes de agradar todos os gostos.

Afinal de contas, existem características que somente o vidro oferece. O vidro pode tanto ser usado na construção civil para compor fachadas de prédio, escadas, pisos de vidro, paredes inteiras de vidro, coberturas, divisórias, como também é um ótimo artigo decorativo, geralmente utilizado em móveis, espelhos, lousas de vidro decorativas, utensílios domésticos decorativos, etc.

Vidro comum, vidro temperado e vidro laminado

Trata-se de uma ótima opção pra quem deseja construir ou reformar pensando em longo prazo, pois o vidro é um material de baixíssima deterioração, perfeito para construir com inovação e economia. Além do mais, a construção com vidros permite a utilização de menos materiais para construção e menor mão de obra quando comparada com outros tipos de construções, como as construções de madeira ou concreto.

Além do mais, o vidro consegue unir elegância com funcionalidade. O emprego do vidro em construções civis garante um projeto de arquitetura com características leves, lineares e com traços de modernidade; sem deixar de lado suas características singulares, como a permissão da entrada de luz natural e a possibilidade de integrar diversos ambientes, inclusive ambientes internos com ambientes externos.

Vale muito lembrar que o vidro é um material amigo do meio ambiente. Esse material mágico é reciclado em sua totalidade, vantagem e tanto em comparação aos outros materiais de construção populares, ainda mais em época de conscientização ecológica e sustentabilidade, não é?

Para alcançar o objetivo final e a singularidade que um projeto arquitetônico inovador merece, é interessante saber que existem diferentes tipos de vidros para serem utilizados nos mais diferentes segmentos.

Os vidros mais tradicionais presentes no mercado são o vidro temperado, vidro laminado e o vidro comum. Abaixo, vamos conhecer um pouco mais sobre eles.

TIPOS DE VIDRO

Entender as características dos principais tipos de vidros comercializados no mercado é muito importante. Ao conhecer as características de cada vidro conseguimos empregar o tipo de vidro certo em cada fase do nosso projeto, visando sempre o resultado final tão sonhado.

Vidro comum

Vidro comum, vidro temperado e vidro laminado

O vidro comum é o mais utilizado e mais consumido pelo mundo afora, tanto por clientes finais, como os vidraceiros, como pela indústria do vidro, uma vez que ele é base para os demais tipos de vidro, como o vidro temperado e o vidro laminado, por exemplo.

Uma das suas principais vantagens do vidro comum é o custo, pois este tipo de vidro é relativamente barato. Junta-se à isso a possibilidade do vidro comum ser cortado facilmente.

Já uma das desvantagens do vidro comum diz respeito à fragilidade e os riscos que ele oferece ao usuário. Ao quebrar, o vidro comum produz estilhaços extremamente pontiagudos e cortantes, devendo ser evitado em áreas que possa haver acidentes, principalmente com crianças e idosos.

Entretanto, o vidro comum tem alta importância no universo do vidro. Além de servir como base para outros tipos de vidros com mais qualidades e resistência – como o vidro laminado e vidro temperado, o vidro comum é altamente usado na indústria de comércio em geral.

Dentre suas utilizações, as mais frequentes que podemos notar é a utilização do vidro para embalagens de produtos em geral, como potes, garrafas, frascos e alguns tipos de vasilhames. Também é muito popular na fabricação de utensílios domésticos, como tigelas, copos, travessas, pratos.

A linhagem de vidros técnicos também é adepta do vidro comum. Estamos falando das lâmpadas incandescentes, lâmpadas fluorescentes, tubos de tv’s antigas, vidros para uso em laboratórios, vidro para ampolas, garrafas térmicas.

Os espelhos, tradicionalmente, são produzidos com vidro comum também, apesar de já existir outras opções mais seguras de espelhos no mercado, como o espelho de vidro temperado.

O vidro comum pode ser opção para projetos que necessitem de ampla visibilidade, pois ele possui espessura uniforme e não provoca distorção óptica.

Entretanto, é importantíssimo enfatizar que o vidro comum é mais frágil que outros tipos de vidros e, em caso de acidente, oferece risco à integridade física do usuário. Se idealizar decorar com vidros em ambientes com fluxo de pessoas, o ideal é a utilização de vidros de segurança, como o vidro temperado ou o vidro laminado.

Por sinal o vidro comum, como dito, por ser referência de base… não é indicado para consumo (cliente final – escritórios, residências, comércios, etc).

Não por acaso, os órgãos regulamentadores determinam o uso obrigatório de vidros de segurança (temperado e laminado) em vidraças externas sem proteção, em vitrines, parapeitos, sacadas e vidraçarias verticais sobre passagens. Preze pela sua segurança e a dos demais usuários. Escolha o tipo de vidro certo para seu projeto e evite transtornos indesejáveis.

Vidro Laminado

Vidro comum, vidro temperado e vidro laminado

Na prática, o vidro laminado é o conjunto de duas ou mais lâminas de vidros comuns unidas por uma película plástica (PVB) ou por uma resina. Estas camadas de vidro, ao serem submetidas ao calor, se unem, formando um único material consideravelmente forte, tendo em vista que são compostas, originalmente, por duas ou mais folhas de vidro comum.

O resultado é um vidro devidamente resistente e que oferece menos riscos de acidentes ao usuário. Além do mais, esse procedimento permite que o vidro laminado contribua com uma acústica apurada e proteção aos efeitos nocivos dos raios ultra violeta.

Outro diferencial do vidro laminado: Por ser fabricado através de duas ou mais folhas de vidro unidas por uma resina, ao se quebrar, o vidro temperado não espalhará seus estilhaços pelo ambiente. A película de resina que une as peças de vidro se encarrega de segurar todos os estilhaços de vidro, impedindo-os de que se esparrame pelo ambiente e apresente riscos aos ali presentes.

Por esse motivo, o vidro laminado é classificado como vidro de segurança. Ao ser produzido pensando na segurança do usuário, o vidro laminado é considerado uma ótima opção na utilização de diversos produtos para a arquitetura civil.

O vidro laminado é indicado na utilização de guarda – corpos, passarelas, divisórias, fachadas de prédios, etc. Por possuir diferenciais exclusivos, como resistência ao impacto, excelente acústica e proteção UV, o vidro laminado deve ser utilizado em locais de fluxo de pessoas, principalmente onde haja riscos de impacto.

Aqui vai uma curiosidade sobre vidro laminado: Vocês sabiam que o vidro laminado foi descoberto por acidente?

Um químico francês chamado Edouard Benedictus, sem querer, deixou cair um frasco de vidro que contava com revestimento de plástico (nitrocelulose). Ao perceber que o revestimento de plástico manteve os estilhaços do frasco de vidro unidos, o químico percebeu que havia feito ali uma ótima descoberta para a sociedade.

Além de ser fabricado a partir do vidro comum, o vidro laminado também pode ser composto de duas ou mais folhas de vidro temperado. Isso aumenta ainda mais a segurança e resistência do vidro laminado, pois como veremos abaixo, o vidro temperado possui resistência absurda. Ao utilizar estas duas tecnologias em um só produto, o resultado é um vidro altamente resistente e com o menor risco possível de acidente.

Vidro Temperado

Vidro comum, vidro temperado e vidro laminado

 

O vidro temperado é um vidro mais resistente que o vidro comum. Ele é denominado vidro de segurança devido às suas qualidades, como a resistência e menor risco ao usuário em caso de estilhaçamento.

Diferentemente do vidro comum, o vidro temperado é altamente resistente, podendo ser utilizado sem maiores preocupações na construção civil, pois respeita os requisitos mínimos de segurança exigido pelos órgãos regulamentadores.

O vidro temperado também é classificado como vidro de segurança. A base dele é o vidro comum, entretanto, após ser submetido a um processo para deixá-lo mais resistente, ele pode ser de 05 a 07 vezes (podendo chegar até 10 x) mais forte que o vidro comum. Essa característica se dá pelo fato do vidro temperado ser submetido a um processo de têmpera, como o próprio nome faz alusão.

A têmpera trata-se de um processo de tratamento térmico, utilizado em vidros e outros materiais como o aço com a finalidade de aumentar a dureza física e a resistência dos mesmos.

A têmpera possui duas etapas – Aquecimento e esfriamento rápido; no caso do vidro funciona da seguinte maneira: Com o aquecimento do vidro a temperaturas de até 650º C, as moléculas do vidro se expandem, se multiplicam.

Ao serem esfriadas rapidamente, com o choque térmico, essas moléculas continuam expandidas e se tencionam, em outras palavras, as moléculas ainda continuam multiplicadas, mas ficam ‘travadas’ ali dentro, digamos assim.

Isso acontece porque o resfriamento age primeiramente na superfície do vidro ainda quente, solidificando-o quase que imediatamente. O interior, ainda derretido, esfria mais devagar. A medida em que esfria, a superfície se contrai, deixando a parte do interior sob pressão pra sempre. É esse o princípio que dá ao vidro temperado uma força descomunal, também chamada de “força de compressão”.

Por isso que quando o vidro temperado quebra a sensação que se tem é de que ele estoura; é uma espécie de ‘alívio de pressão’.

Apesar disso, quando temperado corretamente, o vidro temperado consegue suportar pressões absurdas de até 24.000 libras de pressão por polegada quadrada, grande resistência a calor (até 250 º C), choques térmicos, flexão e torção.

O processo de têmpera resulta em outra qualidade única do vidro de segurança temperado. Quando quebrado, o vidro temperado produz pequenos pedaços de vidro, geralmente arredondados.

Essa característica é primordial para elevar o vidro temperado ao patamar de vidros de segurança, tendo em vista que o estilhaçamento do vidro temperado traz menos riscos ao usuário.

O vidro temperado é escolha constante na construção civil. É a categoria de vidro geralmente indicada para a utilização em portas de vidros, janelas. O vidro temperado também pode ser encaixilhado e é o único tipo de vidro possível de ser utilizados na linhagem de portas, box de banheiro, guarda-corpos, vitrines de loja; e móveis em geral, com mesas, estantes, etc.

Na indústria automobilística também se aplica o vidro temperado, comumente nas janelas laterais (das portas) dos carros. Os vidros dianteiros são em vidro laminado, devido às características distintas já comentadas acima.

Em projetos onde haja um grande fluxo de pessoas, o mais indicado é a utilização do vidro temperado. Logicamente que isso vai depender de estudos mais detalhados sobre o projeto, local de instalação e tudo o mais necessário para construir um projeto com beleza sem esquecer do primordial, a segurança.

VIDRO É NA MULTPAINEL

Vidro comum, vidro temperado e vidro laminado

Elaborar um bom estudo do projeto arquitetônico é de suma importância de dar qualquer passo. Quer um exemplo? Depois da têmpera, o vidro temperado não poderá ser mais cortado ou ajustado. Isso quer dizer que esse processo de ajuste, corte e personalização do vidro deve ser feito ainda na sua matéria prima, ou seja, ainda na fase de vidro comum.

Como já vimos, é o vidro comum que possui dentre suas principais características a possibilidade de ser cortado ou furado.

Por isso é muito importante contar com profissionais qualificados no momento da elaboração do seu projeto de arquitetura com vidro temperado, pois o processo não admite erros. E é nessa fase do projeto que você pode contar com a ajuda dos profissionais e produtos da MultPainel.

Fique muito atento pra não fazer escolhas erradas. Faça o orçamento do seu projeto com quem é especialista no assunto. A MultPainel é a empresa pioneira e líder no mercado de painéis de vidro e lousas de vidro no território nacional.

A MultPainel trabalha com uma transparência única, cristalina como o vidro que utilizamos na elaboração de todos os nossos produtos. Antes de construir, reformar ou planejar arquiteturas em vidro, nos contate. Nossa equipe altamente treinada está de prontidão para lhe atender e oferecer a melhor opção para seu projeto.

Além do mais, possuímos uma variedade de produtos perfeitos para decorar sua casa com muita funcionalidade. Conheça também um pouco mais da nossa linha de lousas de vidro, linha Revest Glass (revestimento de paredes em vidro), lousa de vidro magnética (perfeita para cozinhas, salas e quartos) e espelhos.

Quando se trata de vidros, a MultPainel é desbravadora no assunto. No Brasil, nosso grupo possui a patente para fabricar e comercializar produtos como as lousas de vidro. Há mais de 10 anos trouxemos a tecnologia das lousas de vidro para o Brasil e, desde então, não paramos de inovar. Evite surpresas desagradáveis, considere a opinião de quem é especialista no assunto. Venha para  MultPainel.