Como reciclar vidro

Posted on
oi

Como reciclar vidro

O processo de reciclagem do vidro é basicamente industrial. Os cacos são triturados em uma máquina e encaminhados para fornos com temperaturas exorbitantes. Depois de derretido, o vidro reciclado seguirá todo o processo de fabricação do vidro até ser remoldado e colocado no mercado novamente.

Dentre os diversos tipos de materiais que são descartados diariamente, o vidro é o material que oferece melhor taxa de aproveitamento. A reciclagem do vidro não apresenta perda nenhuma, ou seja, o vidro é 100% reciclável, de modo que 01 kg de caco resultará em 01 kg de vidro reciclado.

Reciclar o vidro é um dos ciclos mais adequados ambientalmente. A embalagem mais antiga conhecida pelo homem exige baixa emissão de gases e baixo consumo de energia durante o processo de reciclagem, além de poder ser reciclado inúmeras vezes.

Importante ressaltar que a indústria de coleta seletiva e os catadores exercem um papel essencial no processo de reciclagem do vidro, desde a retirada do produto da natureza até a devolução do vidro ao mercado.

Considere que o vidro é um material não biodegradável e que pode ser prejudicial ao meio ambiente, pois sua decomposição pode durar mais de dez mil anos! Além do mais, quando utilizamos o caco na fabricação do vidro, diminuímos a retirada de matéria prima da natureza – lembre-se de que a composição do vidro é formada basicamente por minerais.

Reciclagem de vidro – como funciona?

Para reciclar o vidro é preciso separá-los pelas cores (marrom, verde e transparente/branco) antes de submetê-lo ao calor intenso para derretimento. Aqui também podemos perceber a importância dos catadores, pois a separação do vidro garante a pureza do vidro reciclado, que voltará ao mercado com as mesmas qualidades do produto anterior.

Após a separação do vidro pelos catadores e moagem dos cacos em uma máquina, o vidro é encaminhado para fornos industriais com temperaturas elevadíssimas de mais de 1.000° C. Vale lembrar que essa temperatura é mais elevada do que as temperaturas utilizadas nos fornos de fabricação de vidro com matéria prima virgem, situação que oferece ganho energético e reduz a emissão de CO2 no meio ambiente.

O processo de reciclar o vidro ganhou destaque nos últimos anos, recebendo investimentos e diversos estímulos para fomentar a prática. Considere que o Brasil produz, por ano, mais de 1,3 milhão de embalagens de vidro, mas um dos principais problemas é que o retorno dos cacos de vidro para as fábricas de reciclagem ainda é baixo, beirando os 30%.

Vantagens da reciclagem do vidro

É importante compreender como reciclar o vidro é importante e que a reciclagem do produto requer um esforço de toda a sociedade, desde a indústria de fabricantes de vidro, envasadores, comércio (bares e restaurantes), governo (prefeitura), segmentos de reciclagem e claro, do próprio cidadão. Com a conscientização de todos é possível dobrar a quantidade de toneladas de vidro reciclado anualmente.

Veja abaixo algumas das principais vantagens da reciclagem do vidro:

– Economia de energia, água e matéria prima;

– Melhora de processos industriais;

– Diminui as emissões de gases na atmosfera;

– Diminui a quantidade de lixo nos aterros sanitários;

– Gera empregos;

– Promove a sustentabilidade;

Uma curiosidade: Diferentemente do vidro reciclado, o vidro fabricado a partir da matéria prima virgem apresenta perdas. Para cada kg de vidro reciclado, a indústria gasta 70% menos do que seria necessário para fazer o vidro de matéria prima virgem; e cada tonelada de vidro reciclado evita o uso de 1,2 toneladas de recursos naturais.

Sendo assim, a participação da coleta seletiva é primordial, pois a indústria fica responsável por realizar um processo de reciclagem de vidros de maneira eficiente, mas o cidadão também pode auxiliar realizando o processo de segregação do vidro ainda em casa, além de buscar locais que possam receber esses vidros e dar um destino correta para os mesmos.